iG

Publicidade

Publicidade

20/12/2009 - 08:00

Aprenda a lidar com uma amiga ciumenta

Compartilhe: Twitter

amiga_ciumenta_getty_images

Olá, meu nome é Tainá, tenho 15 anos e estou sofrendo muito por conta de uma amiga.

Tem uma menina da minha turma, que essa amiga minha não gosta e certo dia, estávamos todas em uma conversa conjunta no MSN, e fiz brincadeiras com essa menina que minha amiga não gosta, mas brinquei com todas que estavam na conversa.

Então, minha amiga saiu da conversa e me chamou em uma janela separada e falou que eu estava com gracinhas com a menina que ela não gostava. Essa tal menina já foi minha amiga e me mostrou que ela não é uma boa pessoa pra mim, por isso, sempre disse à minha amiga que eu nunca mais teria amizade com ela.

Acontece que a minha amiga não entende que nessa conversa conjunta, eu apenas estava zoando com ela [a menina] e isso não significa que eu estava com vontade de voltar a ter amizade dela. Eu estou sofrendo demais, porque conheço há cinco meses essa minha amiga, mas ela se tornou muito especial pra mim e com a minha atitude, acabei afastando ela de mim.

O que eu faço pra recuperar a amizade da minha amiga ciumenta de novo? Eu já disse tudo pra ela, que minha intenção não foi magoá-la, mas ela não entende… Se puderem me ajudar, isso vai me aliviar muito, nunca passei por tal sofrimento, essa menina é a minha MELHOR AMIGA. Beijos – Tainá

***____***

Olá Tainá, você acha que realmente sua tem razão de tratar você assim por conta de uma bobagem que aconteceu? Não, né?! A sua parte você fez, pediu desculpas, se explicou; mas se sua melhor amiga não quer entender, paciência e azar o dela.

Costumo dizer que ciúmes de amiga é pior que de namorado, principalmente porque, na maioria das vezes, o ciúmes não tem o menor fundamento, como no seu caso. Não existe mal nenhum em ter outras amigas…

Tudo bem que você falou para sua amiga que não falaria mais com essa menina em questão, mas falou, e daí? O que isso muda? Você vai deixar de gostar menos da sua melhor amiga por conta disso? Acho que não…

O melhor conselho que posso te dar é: dê um tempo nessa relação, deixe sua amiga de lado, por mais que ela seja especial, ela precisa aprender a te respeitar… Então, deixe que ela perceba que está jogando uma bonita amizade fora.

Se ela gostar mesmo de você, com certeza, vai ver que essa briguinha não tem o menor fundamento. Eu tenho certeza que vocês ainda irão se entender, boa sorte!

E você, também tem alguma dúvida? Mande um e-mail melhores_amigas_jovem@ig.com.br!

Autor: - Categoria(s): Melhores Amigas Tags: , , , , ,
29/10/2009 - 15:11

Namoros doentios

Compartilhe: Twitter

 

namoro

“Meu nome é Jessiane, tenho 16 anos e namoro há um ano e oito meses. Eu e meu namorado brigamos muito, já tentei terminar umas cinco vezes, mas nunca terminamos, pois gosto muito dele e acho que ele também gosta de mim.

Acontece que ele acha que eu sou propriedade dele e isso eu não aceito. Ele não deixa eu fazer nada, eu não posso sair com as minhas amigas, nem com os meus familiares; mas não quero desistir desse namoro, pois tem tudo pra dar certo.

Sou adolescente e quero viver minha juventude do lado dele,  mas ele sempre me diz que já passou  dessa fase… Estou confusa e não sei se fico com ele ou se termino para curti minha vida, pois, às vezes, acho que ele está atrasando minha vida e essa é uma fase que não volta mais. Me ajuda?”

Oi Jessiane, você tem toda razão quando diz que a adolescência é uma fase que não volta mais e eu ainda completo dizendo que esse é um período que passa muito rápido, por isso, devemos guardar boas recordações dele… Amigos, namoros, rolos, festas, viagens, tudo isso tem que fazer parte da vida de qualquer adolescente.

Não sou contra meninas tão jovens, como você, namorarem, mas sou contra a relacionamentos doentios, como parece ser o seu. Independente da idade ou da fase, o namoro precisa ser saudável, precisa trazer mais alegrias que chateações. Entende?!

Sugiro que você tenha uma conversa sincera com seu namorado, diga que você precisa ter mais espaço, precisa fazer as coisas que gosta, como sair com as amigas e não há mal nenhum nisso, pelo contrário, é necessário ter vida além do namoro, isso faz bem para qualquer relacionamento.

Se mesmo diante de uma conversa franca, ele não for capaz de entender o seu lado. Termine esse namoro, ficar alguém que não sabe te respeitar e não sabe ser flexível não dá. Vá curtir a sua vida e encontrar alguém que não te confunda com uma propriedade particular!  

E você, também quer enviar a sua pergunta? Mande um e-mail! Comente!

 

Autor: - Categoria(s): Melhores Amigas Tags: , , , , , ,
21/07/2009 - 06:00

A banda ou eu? Posso pedir pra ele escolher entre uma coisa ou outra?

Compartilhe: Twitter

“Oi Dani! Meu nome é Ana e estou passando por uma situação não muito fácil de se resolver. Meu namorado tem uma banda, ainda não é muito famosa, mas já faz shows em alguns lugares. Eu quase nunca o vejo, pois ele mora em Ferraz e eu em Poá, aqui em São Paulo. O tempo que a gente tem para ficar juntos, ele usa para ensaiar com a banda ou fazer show.

Estou confusa, pois, às vezes, acho que ele prefere a banda do que eu. Sou apaixonada por ele, acho que ele é o homem da minha vida. Nunca conversei isso com ele, porque acho que pode atrapalhar nosso namoro e ele começou a tocar na banda antes de namorar comigo. Penso em dar um tempo na nossa relação,  mas tenho medo de me arrepender! E agora, o que faço?”

Olá Ana! Acho que a sua situação não é tão difícil de se resolver, pelo contrário, uma boa conversa entre você e seu namorado poderia acabar com esse dilema. Todo mundo sabe que a distância, muitas vezes, atrapalha qualquer relacionamento e no seu caso não é diferente, ainda mais quando a outra pessoa tem uma ocupação que necessita de muito tempo e dedicação.

No seu caso, uma boa saída seria acompanhar o seu namorado nos shows e ensaios, acredito que ele não vai achar ruim ter a namorada por perto para ficar tietando a banda. Por que você não se torna uma fã? A fã número 1, sabe? Aquela que está sempre presente, independente se está chovendo ou não. É uma solução!

Achar que ele prefere a banda e não você é egoísmo e você mesma afirmou que antes mesmo de conhecê-lo, ela já tocava… Então, não tem nem o que reclamar, né?! Vida de artista é assim mesmo e se você se apaixonou por um cara que quer ser um grande músico, precisa apoiá-lo nesse sonho, mesmo que isso signifique não tê-lo sempre do seu lado.    

Esqueça o tempo que você quer dar e fique mais perto do menino que você acredita ser o homem da sua vida. Não desperdice esse sentimento por conta de um egoísmo besta. E não tenha medo de conversar com ele sobre esse e qualquer outro assunto. Vocês são namorados e estão juntos, não é mesmo? Então, compartilhe com ele não só as alegrias, mas também as suas frustrações. Quem sabe ele não oferece uma solução. Boa sorte!

E você, também quer compartilhar a sua dúvida? Mande um e-mail para dani_editora_jovem@ig.com.br. Comente!

Autor: - Categoria(s): Melhores Amigas Tags: , , , , , , ,
14/05/2009 - 11:56

Ele não me dá bola! Devo investir?

Compartilhe: Twitter

“Olá Dani, tudo bem? Meu nome é Mih, tenho14 anos e estou com um probleminha. Estava ficando com um garoto, no começo era ficar por ficar, mas depois me perdi e quando vi estava gostando dele. O problema não é esse, acontece que ele não dá muita bola pra mim e de uns dias pra cá, também não estou dando bola mais para ele.

Outro dia, eu estava conversando com o irmão dele e ele chegou em mim perguntando se dava para a gente ficar e eu disse: NÃO! Depois, ele apareceu de mãos dadas com outra garota e quando me viu, soltou a mão dela e saiu de perto. Eu não sei o que eu faço, continuo a investir no gato? Ou é melhor desistir?”  Beijos

Oi Mih, não faz muito tempo que publiquei um post de uma menina que estava vivendo uma situação semelhante à sua: o cara não a levava a sério e tudo mais… Uma pessoa que não respeita você, que não se preocupa com os seus sentimentos e que aparece de mãos dadas com outra garota na sua frente, mesmo que seja sem intenção, não merece ‘investimentos’.

Acho que você está certíssima de também não dar muita bola pra ele, pois só assim ele vai sentir na pele o que é ser desprezado e quem sabe perceber que está perdendo uma grande oportunidade de ficar com uma menina legal, como você! Por outro lado, você não precisa copiá-lo em todos os quesitos, pois  precisa se mostrar superior a ele. Por isso nada de aparecer de mãos dados com outro garoto na frente dele, viu!

A gente sabe que a teoria é bem mais fácil que a prática e desistir de uma pessoa quando existe sentimento não é uma coisa simples de se fazer, mas ficar sofrendo por conta das atitudes dela também não é nada legal. Então desista desse cara, você é nova, bonita, inteligente e não precisa se contentar com o pouco ou nada que esse garoto oferece.

Curta essa fase maravilhosa que você vive: a adolescência! Namorar, se apaixonar e sofrer por amor faz parte desse momento, mas não vale a pena ficar esquentando a cabeça por alguém que não dá a mínima para você, não é verdade? Ocupe-se com outras coisas e você vai ver que já já esse menino será passado na sua vida e que outros melhores estão por vir!

Compartilhe a sua dúvida. Mande um e-mail para dani_editora_jovem@ig.com.br. Comente!

Autor: - Categoria(s): Melhores Amigas Tags: , , , , , , , , , , ,
23/04/2009 - 10:09

Ele é mais velho e meus pais não aceitam isso

Compartilhe: Twitter

casal abraçado na praia meramente ilustrativa“Oi Dani! Tenho 17 anos e estou namorando um menino um pouco mais velho que eu, ele tem 24. Minha mãe é liberal para festas, bebidas e amigas, mas quando o quesito é namoro, ela é totalmente contraditória à mãe liberal. Ela acha horrível namorar um garoto mais velho, mas disse que não vai proibir nada.

O pior é que ela não deixa eu encontrá-lo durante a semana e o meu padrasto, que é como meu pai, é mil vezes pior. Eles me tratam como se eu fosse criança, sexo para eles é uma coisa terrível. Mas o que mais me intriga é que ela é suuuuperliberal para muitas coisas.

Eu estou seriamente pensando em terminar com ele, porque é muita pressão de todos os lados. Meu padrasto quer que eu veja meu namorado no máximo duas vezes por semana, nunca posso combinar nada com ele durante a semana e sempre que vamos sair é um saco, pois tenho que  ficar ouvindo que estou saindo com um homem e não com um garoto da minha idade.

Eu não aguento mais! Estou começando a pesar os prós e contras para ver se realmente vale a pena, porque eu não quero mais me estressar em casa. As coisas tendem a ficar cada vez pior se eu continuar com ele, mas, ao mesmo tempo, se eu terminar, sei que vou sofrer muito. Estou perdida, não sei o que eu faço! Qual seria a coisa mais indicada a se fazer?”

Os pais, às vezes, pegam pesando mesmo quando o assunto é namoro, e não é por maldade ou porque eles desejam a sua infelicidade, isso se chama zelo, proteção. Tanto a sua mãe quanto o seu padrasto estão apenas querendo te proteger. O problema não é você namorar, o problema é namorar um garoto que tem sete anos a mais que você. A diferença de idade pode não ser tão exagerada, mas para eles um garoto de 24 anos tem outras “intenções”, se é que você me entende?!

Terminar o namoro é sim uma possibilidade e a mais fácil, diga-se de passagem. Você vai sofrer algumas semanas ou meses e depois vai superar. Mas por que você não tentar reverter essa situação? Que tal mostrar a eles que você não é mais um bebezinho indefeso? Você cresceu e as mesmas coisas que você faz com um cara de 24, faz com um cara de 18 ou até mesmo 17.

Acredito que se você gosta de verdade do seu namorado, precisa “lutar” para ficar do lado dele. Não estou aconselhando você a travar uma guerra dentro da sua casa, mas com boas conversas, você pode, ao poucos, ir conquistando a confiança dos seus pais e quem sabe fazer com que eles mudem de opinião a respeito do seu namoro, não é mesmo?

Agora, não pense que você vai conseguir essa proeza de um dia para o outro. Conquistar a confiança de alguém e fazer com que a pessoa mude de opinião sobre determinadas convicções leva tempo e você terá que ter paciência se quiser ficar em paz com seus pais e feliz com o seu namorado.

Só mais um detalhe!
Caráter não tem idade. Não importa se seu namorado é mais velho que você ou mais novo. O que importa é que ele seja um cara bacana, que te respeite e que goste de você de verdade. De nada adiantaria se seu namorado tivesse a sua idade e nem um pingo de decência, não é mesmo? Então, converse sobre isso com seus pais, mostre que o garoto que está ao seu lado, apesar de ser um pouco mais velho, merece ter uma namorada legal como você!

Mande você também a sua dúvida. Escreva para dani_editora_jovem@ig.com.br. Comente!

Autor: - Categoria(s): amizade, amor, Conflitos Pessoais, Melhores Amigas, Relacionamento Tags: , , , , , , , , , , , ,
09/04/2009 - 12:27

As dificuldades de se namorar uma outra garota

Compartilhe: Twitter

namoro_meninas“Oi Dani,  tenho 16 anos e acho que você nunca deve ter passado por uma situação como a minha, mas é o seguinte: quando eu tinha mais ou menos uns 12 ou 13 tive a famosa “curiosidade” e fiquei com outra garota. Curiosidade que passei a gostar e “virei” homossexual. Tenho certeza quando digo isso, porque desde sempre eu “apresentei” um jeito diferente das outras meninas, sou assumida pra amigos e família, enfrentei preconceito e já tive relações sérias com meninas.

Meu problema começou há uns três meses, quando conheci uma menina hetero, mas que também já havia tido uma experiência homossexual. Conversa vai, conversa vem, acabei ficando muito a fim dela e ela de mim. Ficamos durante um mês, quando a pedi em namoro e ela aceitou. Nosso namoro ia bem, quando, de repente, ela virou pra mim e disse que não queria mais, pois não estava querendo ter uma relação séria e no fundo, eu sei que ela tem medo, pois é a primeira vez que alguém dá tanto valor a ela e medo de alguém descobrir.

Enfim, ficamos umas duas semanas sem nos falar direito. E quando nos falávamos, eu não me segurava, e tocava no assunto, ela sempre era muito grossa, e dizia que não gostava mais de mim, que estava me esquecendo e tudo o mais. Eu acreditava, pois da forma como ela falava, realmente, parecia estar esquecendo. Eu me sentia péssima, pois estava gostando “sozinha” e sempre que encontrava com ela, eu não me contia e ia falar, corria atrás, como cachorrinho na coleira.

Acontece que ela viajou e eu fiquei até aliviada, pois saberia que esse tempo sem ela por perto poderia me ajudar a esquecê-la… Certo dia, estava no MSN combinando de sair com uma amiga e ela apareceu do nada e veio falar comigo. Fiquei surpresa pela forma como ela me tratou, parecia até que nunca tivéssemos terminado.  Meu medo é me sentir feliz com essa maneira que ela me tratou. Não sei o que pensar e não sei se devo tratá-la da mesma forma, como se ainda namorássemos. Acho que exagerei no e-mail, mas é isso. Espero que esse assunto não crie muita polêmica. . Obrigada!” – Taty*

Oi Taty, realmente nunca passei por uma situação semelhante à sua, mas vou tentar te ajudar da mesmo forma. Acredito que os dilemas vividos em um namoro entre meninas sejam parecidos aos de um namoro entre um menino e uma menina, pois as dúvidas, as inseguranças e os sentimentos são os menos, independente de ser um namoro entre heteros ou não.

Bom, pelo que pude perceber no e-mail, a sua namorada, ou ex-namorada está insegura com toda essa história e isso é algo supernatural, que você tem que compreender e tentar ajudar. É importante lembrar que nem todas as pessoas são assim como você:  resolvida com a opções sexual.

Você foi a primeira experiência “séria” que ela teve com uma menina, não é verdade? E muitos questionamentos devem passar pela cabeça dela, como: ‘Será que isso é certo?’; ‘O que meus pais vão pensar de tudo isso?’; ‘E meus amigos, será que eles vão aceitar a minha escolha?’… Enfim, inúmeras perguntas assombram essa garota e você é a pessoa mais indicada e talvez a única que possa ajudá-la de verdade nesse momento delicado e confuso.

Você já conversou com ela? Já disse que gosta muito dela e que vai ajudá-la a enfrentar qualquer problema que ela venha a ter em função do namoro de vocês? Se ainda não, espere ela voltar de viagem e tenha um papo sério. Se ela preferir manter distância, você terá que respeitá-la.

Agora, respondendo a sua pergunta, enquanto ela estiver longe pouca coisa pode ser feita. Acho que você deve continuar tratando-a como sempre tratou e não deve alimentar muitas expectativas, pois não dá para saber o porquê da mudança de comportamento dela, né?! Talvez essa viagem tenha feito ela perceber que gosta de verdade de você. Vai ver ela esteja sentindo saudades… Bom, mas isso você só vai descobrir quando ela voltar!

*Nome trocado para preservar a identidade da personagem.

E você, também quer mandar sua história? Mande para dani_editora_jovem@ig.com.br. Comente!

Autor: - Categoria(s): Melhores Amigas Tags: , , , , , , ,
Voltar ao topo